Secretaria de Cultura e Turismo receberá recursos federais para auxílio ao setor cultural de Birigui

Artistas, profissionais e espaços culturais de Birigui, com atuação comprovada há 24 meses, poderão receber auxílio financeiro para ofertar atividades gratuitas à população, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.

A Lei está em fase de regulamentação pelo Governo Federal, posteriormente será liberado o recurso para a cidade. Birigui tem a previsão de receber 843 mil reais para contemplar todas as linguagens artísticas mapeadas pela Secretaria de Cultura e Turismo – Secultur junto do Conselho de Cultura – ConseCult.

O auxílio beneficiará duas frentes: apoio à espaços culturais, como escolas de arte e cultura, e a criação de editais que abarquem as expressões artísticas e culturais da cidade.

De modo prático, para espaços como escolas de dança, música, teatro etc., o auxílio mensal será de até 10 mil reais por mês; nos editais, serão abertos chamamentos públicos para contemplar artistas, grupos, bandas, escritores, dentre outros. A intenção de fortalecer mais ainda os vínculos da SeCultur com os trabalhadores da cultura e fazer o recurso chegar a todos que precisam.

O planejamento de liberação do auxílio está estruturado em seis etapas principais que, em vista de agilizar os processos, já estão tramitando concomitantemente: 1) criação da plataforma de mapeamento dos artistas e espaços culturais de Birigui, junto ao Governo do Estado; 2) estruturação dos editais artísticos e critérios de apoio aos espaços culturais; 3) abertura do Chamamento Público para os interessados; 4) contemplação dos selecionados; 5) execução; 6) prestação de contas.

Contrapartidas para a Sociedade

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Paulo Bernardes, “a lei é uma oportunidade inédita para auxiliar a Prefeitura de Birigui na democratização das atividades culturais pata toda a comunidade local. Cada espaço cultural e artista contemplado, deverá realizar contrapartidas com atividades na Biblioteca Municipal, CEU das Artes, Centro de Atividades Musicais, plataformas digitais e também em instituições e escolas públicas, em até 120 após o recebimento do subsídio”.

Embora os prazos de execução foram vetados pela Presidência da República, a expectativa é de que a regulamentação da lei seja breve. A Secultur está criando todos os mecanismos necessários para destinar o recurso aos beneficiários, assim que ele for repassado ao Fundo Municipal de Cultura.

“Neste difícil cenário em que estamos vivendo, o setor cultural está dando um grande exemplo para todo o país, na construção de uma pauta coletiva que será muito importante para todos. A esperança equilibrista atravessou a corda bamba e o show de todo artista tem que continuar! ”, conclui Bernardes.

Receba as orientações em seu WhatsApp

A Secultur criou uma lista de transmissão para orientar os interessados nos editais e chamamentos públicos.

Para participar da lista, é necessário que você tenha o aplicativo instalado no seu celular. Feito isso, basta seguir os seguintes passos:

1 – Acessar o seguinte

link https://api.whatsapp.com/send?phone=5518991421638 no celular, que direcionará ao WhatsApp da Secretaria de Cultura e Turismo de Birigui com a mensagem: “Olá, Cultura. Sou NOME, ÁREA DE ATUAÇÃO (Ex: Ana Silva, Artesanato) e quero participar da Lista de Transmissão da área técnica de Cultura”;

2 – Em seguida, envie a mensagem; e

3 – Ao fim, salve o número do WhatsApp da Secultur na agenda do seu celular. Atenção! Esse último passo é fundamental para que as mensagens sejam, efetivamente, recebidas.

Além do novo canal, os interessados podem continuar utilizando o e-mail [email protected], os telefones (18) 3638-2109 / (18) 99142-1638 e o Facebook: https://www.facebook.com/seculturbgi/ para entrar em contato com a área técnica de cultura.

OUTRAS INFORMAÇÕES:
(18) 3638-2109 / (18) 99142-1638

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by