Prefeito e secretário da Sedecti visitaram reforma em prédio cedido para a AESCON Birigui

O prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão, e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Nelson Giardino, visitaram na manhã desta quarta-feira, 20 de fevereiro, o prédio localizado na rua Santos Dumont, 360, doada para a AESCON (Associação dos Escritórios Contábeis) de Birigui.

O prédio chegou a ser sede do Tiro de Guerra de Birigui e depois da Câmara Municipal. Quando era do Legislativo, passou por melhorias e uma das fases da obra ficou inacabada.

O prefeito e o secretário foram recebidos pelo presidente do Sincontab (Sindicato dos Contabilistas de Birigui), Pedro Gracia, e pelo diretor da AESCON Birigui, Diego Gustavo Oliveira. Também participou da visita técnica do diretor da Sedecti, Marco Aurélio Barbosa de Souza.

De autoria do prefeito Cristiano Salmeirão, a Lei 6.431/2017 promoveu a cessão de uso de bem público municipal, oferecendo o prédio a AESCON, que irá promover trabalhos de prestação de serviços à população visando um trabalho em conjunto com entidades e órgãos de classe. A cessão prevê prazo de 99 anos. A AESCON é uma entidade civil sem fins lucrativos.

“A AESCON assumiu o restante da obra, que estava parada há muitos anos. Após sua conclusão, o prédio abrigará várias atividades em conjunto, visando oferecer atendimento de forma centralizada aos empresários e contabilistas de Birigui e região, através de projetos de parcerias com entidades e repartições, facilitando e fortalecendo a classe empresarial”, explicou o prefeito municipal.

A lei de cessão de uso também prevê que a Sedecti possa se instalar no primeiro andar do prédio, ficando no local até a criação de espaço próprio da secretaria.

Segundo informou a associação, o término da obra foi orçado em R$ 1,4 milhão. O investimento será da AESCON, com apoio da Prefeitura de Birigui, Sinbi, Sincontabi, Junta Comercial e Acib.

A primeira fase da obra, orçada em R$ 600 mil, prevê o término do térreo em março deste ano. Já segunda fase, que irá concluir o primeiro andar do prédio, foi orçada em R$ 800 mil, com previsão de término para dezembro de 2019.

“A Prefeitura de Birigui é parceira da AESCON, que está proporcionando a construção de uma grande obra para Birigui. O prédio terá muita utilidade para várias setores”, completou o prefeito. 

Fonte: Da redação com informações Prefeitura Birigui

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by