Birigui registra 18.438 acordos de suspensão ou redução de jornada de trabalho

Levantamento realizado pelo Observatório de Inteligência Econômica da SDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) da Prefeitura Municipal de Birigui apresenta a quantidade de acordos de suspensão e redução de jornada de trabalho na cidade de Birigui entre o mês de abril e até o dia 14 de agosto de 2020.

Esses acordos foram realizados pelas empresas da cidade, tendo como base o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda, instituído pela Medida Provisória 936, convertida na Lei 14.020, de 06 de julho de 2020.

O programa oferece duas alternativas aos setores produtivos para o enfrentamento das adversidades desencadeadas pela atual conjuntura de crise econômica:  

a) Redução proporcional de jornada de trabalho e de salário e;

b) Suspensão temporária do contrato de trabalho.

Conforme a opção realizada mediante acordo entre trabalhadores e empregadores, o governo federal entra com o pagamento do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda para ajudar na manutenção dos empregos nacionais. Para os trabalhadores que tiveram seus salários reduzidos o governo federal entra custeando parte dos salários, por outro lado, os trabalhadores que tiveram seus contratos de trabalho suspensos recebem valor integral do seguro desemprego. 

Segundo o levantamento realizado pelo Observatório de Inteligência Econômica, com base nas informações do Ministério da Economia, Birigui registra 18.438 acordos realizados do início do programa até o dia 14 de agosto desse ano. Foram 1.264 empresas que participaram dessa política pública até o momento. 

TABELA 1: Acordos realizados na cidade de Birigui (SP)

Fonte: Observatório de Inteligência Econômica da Prefeitura Municipal de Birigui

Para a suspensão de jornada de trabalho foram 7.207 acordos. Já a redução parcial de jornada de trabalho de 25% registrou 946 negociações, a de 50% 4.483, e a de 70% totalizou 5.788 acordos.

A faixa etária mais impactada foi dos 30 aos 39 anos com 5.417 acordos, seguida pela faixa dos 40 aos 49 anos com 4.766 e, em terceiro lugar, dos 18 aos 24 anos com 2.773 negociações.

FIGURA 1: Acordos por faixa etária realizados na cidade de Birigui (SP)

Fonte: Observatório de Inteligência Econômica da Prefeitura Municipal de Birigui.

Do ponto de vista do sexo a maior representatividade foi do sexo feminino que correspondeu a 54,84% do total (10.102), enquanto o sexo masculino representou 45,16% (8.320). 

FIGURA 2: Quantidade de acordos por sexo na cidade de Birigui (SP)

Fonte: Observatório de Inteligência Econômica da Prefeitura Municipal de Birigui.

Em relação ao setores produtivos a maior participação foi do setor industrial com 12.102 acordos, seguido pelo setor do comércio com 3.132 e, no terceiro lugar, o setor de serviços com 3.147 negociações.

TABELA 2: Acordos por setores produtivos

Fonte: Observatório de Inteligência Econômica da Prefeitura Municipal de Birigui.

Segundo a SDE, a política econômica implementada pelo governo federal foi importante para a manutenção dos empregos na cidade de Birigui.

Em paralelo ao programa federal, o município vem realizando diversas ações e projetos de desenvolvimento local para preservação da empregabilidade na cidade, com destaque para mediação e facilitação de empréstimos via o Banco do Povo, aceleração nos processos de abertura e alteração de empresas, investimentos em obras e infraestrutura, e o desenvolvimento de projetos em conjunto e articulados as instituições que formam o ecossistema empreendedor local, entre outros.

OBSERVATÓRIO DE INTELIGÊNCIA ECONÔMICA

O presente documento integra o projeto Observatório de Inteligência Econômica, que vem sendo desenvolvido pela Prefeitura de Birigui, através da SDE. Essa estrutura é responsável por realizar estudos e pesquisas econômicas e acompanhar a evolução dos indicadores econômicos da cidade.

O objetivo é suprir as demandas de informações e conhecimento dos agentes econômicos do município e subsidiar o desenvolvimento de políticas públicas voltadas a geração de emprego, renda e ao desenvolvimento local. Agregar, gerar, disseminar e estimular são as palavras-chave do projeto Observatório de Inteligência Econômica de Birigui.

Outras informações sobre a economia de Birigui podem ser obtidas na SDE:

O endereço da SDE: Rua Nilo Peçanha, 301, Centro.  (18) 3641-62-70

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by