Pronto Socorro de Birigui trabalha normalmente

Segundo prefeito cerca de seis funcionários organizou uma paralisação, porem até o almoço foi feito um acordo.

A nossa equipe de reportagem recebeu no inicio da manha desta sexta-feira (16) várias denúncias e reclamações a respeito de uma possível greve no Pronto Socorro Municipal de Birigui, onde segundo informações apenas 30% do efetivo trabalhava para atender emergências.

Nossa equipe em contato com o chefe do executivo, Cristiano Salmeirão por telefone, este nos informou que foi até o pronto socorro e conversou com funcionários, pois devido o pagamento esta atrasado 8 dias estava gerando a indignação por parte dos mesmos e alguns funcionários pretendiam fazer a paralisação.

Ainda segundo o prefeito, ele informou aos funcionários que até o dia 21 deste mês o valor será depositado para a empresa e o pagamento deverá cair na conta. E pediu desculpas e a colaboração dos mesmos para que problemas maiores não sejam causados principalmente para a população.

Sabemos que vivemos ainda em uma crise econômica considerável, mas torcemos para que estes problemas sejam resolvidos o mais rápido possível no próximo ano. Em Birigui especificamente sabemos que muitas empresas de renome na cidade estão com pagamentos em atraso, mas que será resolvido em breve, patrões e chefes pressionados e apavorados por um momento tão caótico e critico, mas que com a esperança e a fé saberemos que vamos melhorar e fazer com que o Brasil e nosso município voltem a crescer em breve, este é o desejo de todos!

 

Fonte: Guilherme Renan