BOMBA: Mais de uma dezena de cargos comissionados são ocupados por pessoas que não residem em Birigui

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

É de entristecer saber que em Birigui não existe pessoas competentes para ocupar cargos de confiança no executivo. Pelo menos, é o que parece entender a atual administração, ao contratar 13 pessoas de fora.

A nossa equipe de reportagem recebeu uma denuncia bombástica, e através de requerimento 186/18 do nobre vereador Benedito Dafé, onde solicitou informações a respeito dos números de servidores comissionados não residentes no município de Birigui, a Prefeitura Municipal respondeu o requerimento com dados e informações atualizadas até o ultimo dia 20 de Junho de 2.018, onde constam 13 comissionados que não residem em Birigui.
Ainda em resposta, essas pessoas somam uma folha de pagamento mensal de R$ 64.452,89, fora encargos, valor que é retirado do cofre público de Birigui e é gasto e investido em outras cidades tais como ARAÇATUBA, CLEMENTINA, COROADOS E GLICÉRIO.
Destes; 8 funcionários comissionados são da cidade de Araçatuba; 2 de Clementina; 2 de Coroados e 1 de Glicério. Ai fica a pergunta, em Birigui, uma cidade com aproximadamente 120 mil habitantes, não teriam 13 pessoas qualificadas para ocupar os respectivos cargos?
Ainda, cabe ressaltar que 6 pessoas ocupam cargos comissionados na Secretária de Saúde, 6 pessoas em setores administrativos e 1 pessoa na Secretaria de Educação. O menor salário desses funcionários é de R$ 3.470,00 e o maior ultrapassa os R$6.000,00.

 

 

Fonte: Guilherme Renan