Unidades de Saúde de Birigui abrem neste sábado para vacinação de crianças contra pólio e sarampo

vacina sarampo
As dez UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Birigui, além da Vigilância Epidemiológica e a escola municipal Yvonne Miragaia Peruzzo, no bairro Portal da Pérola 2, estarão abertas neste sábado, dia 18 de agosto, das 8h às 17h, para o Dia D de vacinação de crianças de um a menores de cinco anos contra a poliomielite e sarampo.

A Secretaria Municipal de Saúde alerta aos pais que a vacinação é a única forma de impedir a propagação do vírus do sarampo, que voltou a circular no país, e evitar a reintrodução do vírus da paralisia infantil, doença já eliminada. Mesmo as crianças que já receberam as doses antes do início da campanha devem se vacinadas.

“A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo visa reforçar a proteção das crianças contra essas duas doenças. Por isso, é muito importante que os papais e mamães levem os seus filhos à unidade de saúde mais próxima e apresentem a carteirinha de vacinação”, afirmou a diretora da Vigilância Epidemiológica, Mauricéia Bruna Alves Gonçalves.

Balanço divulgado mostra que até o último dia 9 foram imunizadas 1.524 crianças contra a pólio, o que representa 29,23% de cobertura. Já contra sarampo, 28,98% do público recebeu a dose, o que corresponde a 1.511 crianças biriguienses. A meta é imunizar 5.214 crianças contra as doenças até o dia 31 deste mês. Durante a semana, as vacinas são aplicadas em todas as UBSs das 7h às 18h.

DOENÇAS

Também conhecida como paralisia infantil, a poliomielite é uma doença que pode deixar sequelas permanentes, causar insuficiência respiratória e, em alguns casos, levar à morte. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, pela via fecal-oral (mais frequente), por objetos, alimentos e água contaminados; ou pela via oral-oral, através de gotículas de secreções (ao falar, tossir ou espirrar).

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Os principais sinais da doença são: febre acima de 38,5 ºC, dor de cabeça, tosse, coriza, manchas vermelhas que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas e, em seguida, se espalham pelo corpo.

Fonte: Da redação – com informações PREFEITURA BIRIGUI

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by