UBSs de Birigui aplicarão vacinas contra a gripe a partir desta quarta, dia 10 de abril, quando começa a Campanha Nacional


A 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começa nesta quarta-feira, 10 de abril, em todo o país. Na primeira fase da Campanha serão priorizadas crianças com idade entre 1 e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, de acordo com o Ministério da Saúde, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

As vacinas serão aplicadas nas dez UBS (Unidades Básicas de Saúde de Birigui), que atendem das 7h às 18h.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o conhecido “Dia D de combate a gripe” será dia 4 de maio. No dia “D”, além das 10 UBSs, a vacinação também estará disponível no Departamento de Vigilância Epidemiológica (prédio do antigo Pronto-Socorro) e em um posto volante, que será montado no bairro Portal da Perola.

A influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório. Sua transmissão se dá por contato com secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais e também podendo causar pandemias.

A vacina contra a Influenza é trivalente, ou seja, composta por 3 subtipos do vírus inativo, da Influenza. A vacina é contraindicada para pessoas com reação alérgica ao ovo e a crianças menores de 6 meses.

Serão contemplados com a vacina:

– crianças de 6 meses até 5 anos 11meses e 29dias,

– gestantes,

– puérperas (até 45 dias após o parto),

– trabalhadores de saúde,

– indígenas,

– idosos com 60 anos ou mais,

– professores das escolas públicas e privadas,

– portadores de doenças crônicas como doenças respiratórias, doença cardíaca, doença renal, doença hepática, doença neurológica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados, e portadores de trissomias.A orientação de médicos especialistas é que indivíduos com os sintomas da gripe evitem aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados, e adotem hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

Para prevenir a doença, é recomendada medidas gerais de proteção, como a constante lavagem das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, e a adoção da etiqueta respiratória, que consiste em espirrar na parte de dentro dos cotovelos e cobrir a boca ao tossir, visando à redução do risco de infecção pelo vírus.

Outra dica importante é não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas. É importante ficar alerta a sinais e sintomas de gravidade para, nesses casos, buscar imediatamente avaliação em uma unidade de saúde.

Fonte: Da redação com informações Prefeitura Birigui

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by