Polícia investiga denúncia de ato obsceno contra criança em escola

A Polícia Civil de Araçatuba (SP) vai instaurar inquérito para investigar denúncia contra o caseiro de uma escola da cidade, acusado de ter mostrado o órgão genital para uma criança de 5 anos.

O crime teria ocorrido durante o período de aula, na semana passada, mas o caso só foi denunciado à polícia nesta quarta-feira (11).

O boletim de ocorrência foi registrado pela avó da estudante. Ela contou que a neta tem 5 anos de idade e durante o período de recreação estava no parquinho, com outra aluna da mesma idade.

Enquanto estavam no local, elas decidiram ir até o alambrado que cerca a casa do zelador da escola, para brincar com um cão.

Enquanto brincavam com o animal, o homem que estava na casa teria abaixado as calças e mostrado o órgão genital para as meninas, que saíram correndo em direção à professora e às demais crianças.

Segundo a avó da menina, na ocasião ela não contou nada a ninguém, vindo a revelar o que havia ocorrido apenas na última quinta-feira (5), ao passar em frente à casa do zelador.

A criança teria dito ainda que depois daquele dia viu o homem outras vezes na escola, mas ele nunca mais teria praticado o ato obsceno.

Providências

A Prefeitura afirma que a denúncia está sendo apurada. Segundo o município, o zelador reside no local há cerca de dez anos e nunca houve denúncia do tipo contra ele.

“A escola dispõe de câmeras de segurança e assim que a Secretaria de Educação tomou conhecimento, foi feita a requisição das imagens das câmeras próximas ao local onde supostamente teria ocorrido o fato e as mesmas serão disponibilizadas à polícia, bem como à Corregedoria do Município para as devidas apurações”, informa a nota.   

Fonte: Com informações Hoje Mais

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by