JANEIRO: Balança comercial de Birigui apresentou superávit de mais de 1 milhão de dólares

A balança comercial de Birigui fechou o primeiro mês do ano apresentando um superávit comercial US$ 1,25 milhões de dólares.

As exportações totalizaram US$ 2,32 milhões e as importações US$ 1,07 milhões.

As Informações foram divulgadas nesta quarta-feira, dia 6 de março, pelo Observatório de Inteligência Econômica da Sedecti (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação) da Prefeitura Municipal de Birigui. Os dados foram coletados junto ao Ministério da Economia.

As exportações cresceram 217,81% comparando ao mesmo período do ano passado. Já as importações aumentaram apenas 1%. Foram 27 empresas que realizaram intercâmbio com o exterior (importação e exportação).

Os principais produtos exportados por Birigui foram transformadores elétricos (43% do total exportado), calçados (35,1%) e máquinas e aparelhos para agricultura (21%). Dessa forma, no primeiro mês do ano, a pauta exportadora esteve concentrada em produtos industrializados, característica da estrutura produtiva da cidade de Birigui.

Os principais países compradores dos produtos biriguienses foram Bolívia, Emirados Árabes Unidos, Argélia e Rússia, que foram responsáveis respectivamente pela compra de 38%, 18%, 14% e 9% dos produtos locais. Já em relação as importações, os três grandes fornecedores foram a China com 48%, os EUA com 16% e o Uruguai com 12%.

Para o prefeito Cristiano Salmeirão, o crescimento de mais de 200% das exportações de Birigui em janeiro de 2019 em comparação ao mesmo mês do ano passado traz boas perspectivas de crescimento do fluxo de comércio exterior da cidade para 2019.

“Os resultados são favoráveis e os números trazem expectativas positivas para o desenvolvimento econômico da cidade de Birigui”, frisou o prefeito.

“A nova gestão econômica do país conduzida pelo Ministério da Economia com sua proposta de maior abertura econômica e integração ao mercado internacional potencializam as oportunidades para cidades como Birigui, que tem empresas preparadas para a internacionalização”, diz o secretário da Sedecti, Nelson Giardino.

OBSERVATÓRIO – O relatório integra o projeto Observatório de Inteligência Econômica, que vem sendo desenvolvido pela Prefeitura de Birigui, através da Sedecti.

Essa estrutura é responsável por realizar estudos e pesquisas econômicas e acompanhar a evolução dos indicadores econômicos da cidade.

O objetivo é suprir as demandas de informações e conhecimento dos agentes econômicos do município e subsidiar o desenvolvimento de políticas públicas voltadas a geração de emprego, renda e ao desenvolvimento local.

Fonte: Da redação com informações Prefeitura Birigui

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by