HOMICÍDIO: Homem é morto após cobrar R$ 300 reais em Birigui

Autor foi preso em flagrante e confessou a autoria do crime e o desejo de desovar o corpo!

O autônomo Cleber Caetano Costa, 46 anos, morador do bairro Jardim Popi foi morto a tiros no próprio bairro onde mora após cobrar divida para um amigo no valor de R$ 300,00. O Autor um homem de 28 anos confirmou o crime, e na delegacia alegou estar arrependido do crime mas que apenas tomou essa atitude para defesa pessoal e da família dele.

Segundo informações do boletim de ocorrência, no inicio da tarde o COPOM, acionou uma viatura da PM para comparecer na Rua Vinicius de Moraes, onde estaria ocorrendo uma possível discussão. Momento em que uma viatura rapidamente se deslocou para o local informado, porém não localizaram o numeral informado, decidindo então seguir para o Pronto Socorro Municipal. Ao chegar naquele local, um individuo ainda desconhecido e meio que apavorado, informou ter presenciado uma cena de homicídio do amigo no bairro Jardim Popi e na mesma rua anteriormente citada pelo COPOM, mas com outro numeral. Diante dos fatos a equipe deslocou até o local informado por essa testemunha, já se aproximando do numeral, avistaram o morador deixando a residência, o mesmo foi abordado e ao ser questionado a respeito dos tiros, o autor acabou confessando a autoria do crime e levando os policiais até o interior da residência onde estava o corpo.

Os policiais avistaram o corpo do autônomo no interior de um balde de roupas, enrolado em um lençol e um cobertor, após acionaram uma Unidade de Resgate, que compareceu no local e tiraram o mesmo do balde e por estar sem sinais vitais não foi possível remover ou prestar socorros a vítima. A PM preservou o local para os trabalhos técnicos da pericia e da Policia Civil!

ARMA

Ao ser questionado onde estaria o revolver utilizado no crime, o autor alegou ter arremessado o revólver no interior de um condomínio de luxo nas proximidades, uma equipe da PM até realizou uma varredura no condomínio afim de localizar o revólver, porém até o momento não foi localizado.

DIVIDIA

Ainda segundo o boletim de ocorrência, o autor teria pego o valor de R$ 300 reais emprestado do amigo da vítima, no caso o testemunha que levou como companhia a vitima no momento da cobrança na casa do autor, a divida deveria ter sido paga na quinta da semana passada, porem o autor teria informado que pagaria nesta semana, aproveitando que estava por perto da casa do autor, o testemunha resolveu passar novamente na casa do mesmo para a cobrança. Mas no momento em que o autor pediu mais uma semana de prazo, o amigo teria feito ameaças para o autor, que após se sentir ameaçado puxou o mesmo para o interior da residência e desferiu o primeiro tiro no rosto da vítima, segundo o autor mesmo ferido a vítima teria tentado luta corporal com o mesmo momento em que o autor teria desferido o segundo disparo acertando o crânio da vitima e fazendo com que o mesmo caísse ao solo.

DESOVAR

O autor alegou ter jogado o corpo em um balde e enrolado no cobertor e lençol para posteriormente desovar o corpo em algum lugar distante afim de tentar dificultar a autoria do crime.

PRESO

O autor foi apresentado no 01º Distrito Policial, onde após prestar esclarecimentos permaneceu preso a disposição da Justiça!

Fonte: Guilherme Renan

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by