BRASIL DESENCANTA E VENCE DINAMARCA DE 4 X 0 E SE CLASSIFICA

Aliviado, o Brasil partiu em busca do segundo gol. Poderia ter saído dos pés de Gabigol novamente, se não fosse a bela defesa de Höjberg. Ou em um contra-ataque eletrizante. Luan iniciou a arrancada e acionou Gabigol na direita. O camisa 9 disparou, conduziu a bola para o meio e inverteu para Neymar. O camisa 10 fez o corta-luz e deixou para Gabriel Jesus. O menino vendido por R$ 121 milhões ao Manchester City errou de novo.

 

Salvador — Antes de dormir, o técnico Rogério Micale deve agradecer a Deus por ter dois anjos da guarda com o mesmo nome: Gabriel. O Barbosa foi responsável por quebrar o jejum de 206 minutos da Seleção Brasileira sem balançar a rede nos Jogos Olímpicos. Das 16 seleções que participaram do torneio masculino, o Brasil foi o último a marcar. E compensou com juros. Gabigol fez dois, Gabriel Jesus, um, e Luan, outro nos 4 x 0 sobre a Dinamarca. Faltou o de Neymar, mas, na noite desta quarta-feira, ele jogou bem. Deu passes, distribuiu lençol, tentou quebrar o jejum de sete jogos sem marcar com a amarelinha e saiu aplaudido. Ao contrário dos protetos de Marta em Brasília, ouviu gritos de “Neymar” na Fonte Nova.

Gabriel Jesus of Brazil celebrates his goal against Denmark during the Rio 2016 Olympic Games men?s first round Group A football match Brazil vs Denmark, at the Arena Fonte Nova Stadium in Salvador, Brazil on August 10, 2016. / AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Gabriel Jesus of Brazil celebrates his goal against Denmark during the Rio 2016 Olympic Games men?s first round Group A football match Brazil vs Denmark, at the Arena Fonte Nova Stadium in Salvador, Brazil on August 10, 2016. / AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by