BOMBA: Prefeita de Coroados perde na justiça ação contra câmara municipal

Caso seja aceita ação na Justiça, prefeita poderá ter que devolver dinheiro aos cofres públicos.

A nossa equipe de reportagem recebeu neste final de semana, uma informação gravíssima, mais uma vez envolvendo o executivo municipal do município de Coroados, na pessoa da prefeita Terezinha Aparecida Castilho Varoni.

No inicio do mandato a prefeita encaminhou ao plenário da câmara municipal um projeto para conceder aumento de 4% no vale-alimentação dos funcionários públicos. Naquela época os secretários indicados de pelo governo receberiam apenas 50% do valor total do beneficio e a prefeita estaria recebendo o valor integral.

Neste projeto a prefeita “aproveitou” e colocou o reajuste para o vale-alimentação dela, bem como de aproximadamente 150% da equipe indicada por ela para coordenar as secretárias. No entanto a câmara municipal fez uma emenda à indicação da prefeita, tirando os benefícios ao PREFEITO – VICE-PREFEITA E SECRETÁRIOS.

Após ser aprovada esta indicação na câmara municipal, o projeto retornou para o gabinete, onde a prefeita perdeu o prazo para SANCIONAR OU DEFERIR a indicação. Diante do caso este documento teria retornado para a Câmara Municipal, onde a presidenta o legislativo promulgou a lei.  

A CÂMARA NÃO PODERIA TOMAR ESSA ATITUDE

A Prefeita Municipal Terezinha Aparecida Castilho Varoni, não teria concordado com a atitude da câmara municipal e moveu uma ação no TJ-SP para que tal atitude pudesse ser revogada, mas não foi isso que aconteceu no ultimo dia 20 de fevereiro.

O TJ-SP por meio dos desembargadores PEREIRA CALÇAS (Presidente), BERETTA DA SILVEIRA, ANTONIO CELSO AGUILAR CORTEZ, ALEX ZILENOVSKI, GERALDO WOHLERS, ELCIO TRUJILLO, CRISTINA ZUCCHI, ARTUR MARQUES, PINHEIRO FRANCO, XAVIER DE AQUINO, ANTONIO CARLOS MALHEIROS, MOACIR PERES, FERREIRA RODRIGUES, PÉRICLES PIZA, EVARISTO DOS SANTOS, MÁRCIO BARTOLI, JOÃO CARLOS SALETTI, FRANCISCO CASCONI, RENATO SARTORELLI, CARLOS BUENO, FERRAZ DE ARRUDA, SALLES ROSSI E RICARDO ANAFE. Julgaram como extinto o processo da prefeita contra o legislativo do município.

AÇÃO PARA DEVOLVER VALORES

A especulações de vários vereadores de uma possível ação contra a pessoa da prefeita para que os valores recebidos indevidamente sejam devolvidos aos cofres públicos.

A nossa equipe acompanhara de perto o desenrolar deste processo e qualquer novidades deveremos informar a população.

Um espaço foi aberto para a equipe da Prefeita se explicar, porém até a publicação desta matéria nenhuma resposta oficial foi enviada para a nossa redação.

Fonte: Guilherme Renan – MTB 84049