ANIMAIS EM HOSPITAIS: Projeto 09/18 gera comentários e revolta por parte da população em Birigui

 

Projeto de autoria do Pastor Reginaldo com o apoio da vereadora Carla Bianchi foi divulgado e já gera revolta por parte da população de nossa cidade.

 

O projeto 09/18 de autoria do Vereador Pastor Reginaldo Fernando Pereira, com o apoio da vereadora Carla Cristina Bianchi que dispõe sobre a liberação da entrada de animais de estimação em HOSPITAIS PÚBLICOS E PRIVADOS, para visitas de pacientes internados e da outra providencias.

No projeto estabelece que o animal precisa estar com a vacinação em dia e higienizados com laudo veterinário atestando a boa condição do animal!  A comissão de infectologia do hospital terá que autorizar a entrada do mesmo. Os animais deverão estar em recipiente ou caixa adequada. No caso de cães e gatos devem estar em guias ou presas por coleiras e se necessário enforcador e focinheiras.

As visitas dos animais terão de ser agendadas previamente na administração do hospital respeitando a solicitação do médico e critérios estabelecidos por cada instituição.

O que gera revolta por parte da população Biriguiense é a perda de tempo e os gastos que se tem com a elaboração de tal projeto que para o momento não é de importância para o município. Nossa cidade como tantas outras passa por problemas graves e que precisa do apoio, da fiscalização e de novos projetos executados pelos nobres vereadores.

A alguns meses atrás era complicado de acompanhar as sessões pois não se via projetos para o bem comum, só se falava em nomeação de ruas e reconhecimento de autoridades e pessoas que se destacaram no município.

Juntamente com a população acreditamos que os nobres vereadores precisam apreciar e criar projetos de mais urgência para o bem comum.

 

VEREADORES CONTRA

Nossa equipe entrou em contato com alguns vereadores, sendo que Dafé e Cezinha se diz contrário ao projeto. Firmino e Paquinha não atendeu as ligações. Tentamos contato com o autor do projeto e também até a publicação não foi possível contato.

 

Fonte: Guilherme Renan

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by