2ª etapa do projeto “Semanão Todos contra o Aedes” recolheu 10 toneladas de materiais

Os alunos das escolas da Prefeitura de Birigui que participaram da segunda etapa do Projeto “Semanão da Prevenção – Todos Contra o Aedes” somaram 10 toneladas de materiais inservíveis.

O objeito do projeto é eliminar criadouros do mosquito e reduzir a incidência de casos positivos de dengue na cidade. Os organizadores incentivam o recolhimento de garrafas pet, pneus, latas, garrafas, entre outros objetos que podem acumular água parada, local de procriação do mosquito transmissor da dengue.

Criado pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do CCVZ (Centro de Controle de Vetores e Zoonoses), a primeira etapa do projeto ocorreu de 6 a 10 de maio, reuniu cinco escolas da Prefeitura de Birigui e somando 20 toneladas de materiais.

A segunda etapa, que ocorreu de 24 a 28 de junho, contou com a participação de três escolas da administração municipal: escolas EM Profª Yvonne Miragaia Peruzzo, EM Profº José Sebastião Vasques Calçada e EM Profª Terezinha Bombonati.

Participaram da segunda etapa da ação 619 alunos. Foram recolhidos 3.808 quilos de materiais inservíveis e 6.920 quilos de pneus (10.728 quilos de materiais recolhidos das ruas).

Todo o material será destinado para a Coopertrabi (Cooperativa dos Trabalhadores Catadores de Materiais Recicláveis de Birigui), parceira da Prefeitura de Birigui no projeto.

Também são parceiros a ACIB (Associação Comercial e Industrial de Birigui), a Churrascaria Querência e o Cenaic.

PRÊMIOS – Ao entregar os materiais, os alunos ganharam cupons e participarão do sorteio de uma bicicleta (uma bicicleta para cada escola).

Já o aluno que conseguir reunir o maior volume de materiais ganha uma caixa de som portátil (uma caixa de som para cada escola).

Nesta quinta-feira, dia 4 de julho, os organizadores do projeto farão os sorteios dos prêmios e entrega dos brindes.

 Às 14h30 o sorteio será na EM Teresinha Bombonati; às 15h na escola Profº José Sebastião Vasques Calçada e às 15h30 o sorteio será na escola Profª Yvonne Miragaia Peruzzo.

Além do recolhimento dos materiais, os alunos das escolas envolvidas também trabalham em sala de aula tema COMBATE AO AEDES.

A meta dos organizadores do projeto é dar continuidade nas ações em agosto, após as férias escolares de julho.